NOSSO BLOG>

Conteúdos especializados, ebooks e dicas de marketing digital, design e usabilidade

2 dE novembro, 2016
Simulação de ROI

Simulação de ROI e avaliação de investimento em marketing

Como calcular e interpretar os resultados do seu investimento

Ações de marketing digital em sites, blogs e mídias sociais podem gerar frustrações ou recuo no investimento se sua empresa não souber medir o efeito que elas estão fazendo e quanto está custando a geração de tráfego e leads. Se, ao contrário, você entende quanto está custando os resultados obtidos, é muito mais fácil avaliar se vale a pena seguir no investimento e se deve haver mais investimento nas ações.

Através do cálculo do ROI é possível saber a quantidade de leads e de clientes qual o custo de cada aquisição. O blog converteu a quantidade de leads e vendas necessárias para o mês? A contagem de clientes vindos de mídia social aumentou ou diminui?  Você não terá  a menor ideia a menos que possa associar o investimento ao resultado final e calcular o custo individual do resultado.

Como avaliar os números

Para saber qual o custo da ação e se está valendo a pena, existe uma fórmula de cálculo que apresentamos a seguir. Mas a avaliação desse custo depende do seu modelo de negócio.

Custo de audiência:

Se seu negócio é apenas audiência, avalie quanto custa gerar cada visitante que chega ao site ou blog, vindo de Google, redes sociais, links patrocinados, etc. Não importa. Basta ver quanto de audiência gerou e comparar com investimento necessário para essa geração.

Esse é o caso de quem é remunerado por anúncios (exemplo anúncios do Google) ou vende publicidade na página por visualizações. Para cada página vista, há uma remuneração do anunciante.  Há outros negócios em que a audiência pode fazer sentido, como empresas que querem reforço da marca, visitas de clientes para verem seus conteúdos, etc. Nesse caso, é importante saber que cada visita está tendo um custo de marketing.

Custo de criação de mailing qualificado

Se seu objetivo é ter um mailing qualificado é criar uma base de relacionamento para enviar ofertas em um momento posterior, o seu cálculo deve ser quanto cada nome com email correto, focado no seu target, lhe custou. Aí, seu custo vai ser o valor de aquisição por contato.

No futuro, esses contatos serão valiosos para tentar converter negócios então é essa conta que deve ser feita. Esse modelo de aquisição de contatos qualificados faz sentido para muitos negócios como seguradoras, planos de saúde, cursos, etc. Vale lembrar que uma lista qualificado de e-mails tem valor para praticamente todos os negócios, mas aqui ressaltamos quem tem como objetivo-fim obter a lista através de atração de tráfego.

Custo de Geração de Oportunidades e Clientes:

Bem, aqui é o custo real para quem utiliza o marketing digital para vender alguma coisa. Evidentemente, é o custo mais caro, mas também o mais valioso, pois a conversão foi fruto de uma jornada de compras bem estruturada, que normalmente envolve desde a captura inicial do cliente na internet até o fechamento.

Muitas vezes não é justo culpar o investimento por não conseguir fechar o negócio. Muitas vezes o lead vira oportunidade, mas não converte em negócio devido a outros fatores como preço, formatação da proposta, prazo, etc.  Por isso, acho interessante olhar esses dois indicadores juntos porque se você tiver gerando oportunidades sem conseguir fechar vendas, provavelmente precisará repensar a forma como está vendendo, onde está seu problema para a não conversão. Como o marketing está trazendo a oportunidade, o problema não está no marketing.

Para ver quanto custa a oportunidade, preencha a planilha que ela fornecerá custos separados de oportunidades e vendas.

Análise do ROI

O resultado do ROI obtido pode ser analisado da seguinte forma:

  • Ficou negativo: você está pagando para fazer essa venda. Só vale a pena se o cliente for contínuo, ou seja, você paga pelas primeiras vendas mas recupera o investimento com folga nos meses seguintes, pois o lead já foi convertido e não haverá mais custo de aquisição

 

  • Entre 0% e 50%: significa que você está investindo 50% do valor nominal do produto para conseguir fazer uma venda única para seu cliente. Normalmente só vale a pena em produtos de alto valor agregado e margem de lucro alta, porque seu custo de aquisição está muito elevado: custa 50% do valor final do produto.

 

  • Entre 50% e 100%: está começando a valer a pena. A receita está chegando ao dobro do custo. Quanto mais você puder fazer vendas recorrentes para esse mesmo cliente, mesmo que no futuro, você estará reduzindo seu custo de aquisição. Bom resultado para produtos de valor elevado.

 

  • Acima de 100%. Você começa a investir com segurança de que o retorno está valendo a pena. Quanto mais alto for esse percentual, mais certo do resultado. Por exemplo: 400% de ROI significa, por e4xemplo, que você gastou R$ 10 mil de marketing para vender um produto de R$ 40 mil. Aqui e sempre vale o ponto: quanto mais os clientes forem recorrentes e sua margem alta, mais vale a pena investir tudo para aumentar o volume de atração de visitantes. Muito comum para empresas de serviço, porque taxas de aquisição é muitas vezes o maior elemento de custo.

Cálculo de audiência requer atenção

Vale lembrar que no caso de audiência por busca orgânica Visitantes atraídos pelo Google através de trabalho de otimização do site e blog) pode variar muito, não tem como garantir que investir X em estrutura para SEO vai trazer Y acessos ao seu site, diferentemente de mídia paga cujo investimento é garantia de retorno.

Com as mídias orgânicas não é possível estabelecer uma conta direta de investimento X audiência , pois o volume de buscas sempre está mudando, sites são atualizados e novos materiais entram na internet, interferindo no tráfego para sites.

No caso de tráfego de site para gerar audiência, o que é necessário fazer é usar as melhores práticas para otimizar o site, trabalhar bem palavras-chave foco das páginas e manter um relacionamento com outros sites, para gerar links externos e ranquear bem seu site para gerar visitas.

Quando falamos de mídias orgânicas, a mensuração de ROI acaba calculando o número de visita que chega ao site e blog no período de tempo analisado. Mas o investimento em SEO para atrair audiência  trabalha a médio e longo prazo, então não é garantia que investindo muito em estratégias e ações em um mês, vá trazer retorno neste mesmo mês. O retorno virá mês a mês, paulatinamente.

Por isso, no caso de mensuração de investimento em audiência orgânica, o cálculo do ROI pode ser distorcido porque não consegue essa avaliação precisa. Entretanto, no caso de investimento em mídia paga para gerar tráfego (links patrocinados no Google, FaceAds, etc) esse cálculo é bastante exato.

 

[Calculadora grátis] Saiba como calcular o ROI do seu negócio. Baixe aqui!

ASSINE A NEWSLETTER

Blog

Como receber os leads de links patrocinados no seu site

Prepare seu site para receber os leads de links patrocinados...

13 dE julho, 2017
Blog

A importância do uso das imagens corretas nas redes sociais

Saiba o tamanho correto das imagens para cada rede ...

22 dE junho, 2017
Blog

Instagram para negócios: 6 dicas para um perfil de sucesso

Como melhorar o desempenho do Instagram da sua empresa ...

6 dE junho, 2017
Blog

Geomarketing: entenda como essa estratégia pode aumentar as suas vendas

Saiba como vender a partir de dados de localização dos usuários ...

30 dE maio, 2017
Blog

Quer reter clientes? É hora de investir em Inbound Marketing!

Entenda como o Inbound pode ajudar sua empresa a reter clientes...

23 dE maio, 2017
Blog

Orçamento de marketing: como definir?

Saiba como investir em suas campanhas de comunicação...

17 dE maio, 2017
Blog

Como fazer um pitch que desperte a atenção?

Tudo o que você precisa para vender bem uma ideia...

9 dE maio, 2017
Blog

Company Page no LinkedIn: saiba como destacar a sua empresa!

Entenda como usar a Company Page do LinkedIn para falar com seu público...

3 dE maio, 2017
Blog

Link Building: 4 dicas para alavancar a sua estratégia digital

Como ganhar relevância e ser melhor ranqueado através de link building...

25 dE abril, 2017
Blog

Fluxo de nutrição: dicas que realmente funcionam!

O acompanhamento ideal para os seus leads até que eles se tornem clientes...

18 dE abril, 2017
Blog

SAC 2.0: tudo o que você precisa saber sobre o atendimento pelas redes sociais

Como otimizar o atendimento aos seus clientes...

13 dE abril, 2017
Blog

Usabilidade do site: como ela influencia os indicadores de desempenho?

Como tornar o site da sua empresa user-friendly...

6 dE abril, 2017
Blog

MQL x SQL: entenda as diferenças entre leads de marketing e vendas

Segmente seu público para obter melhores resultados!...

28 dE março, 2017
Blog

Qual é a função de um blog?

Conheça os benefícios e a função de um blog corporativo ...

24 dE março, 2017
Blog

Site mobile ou para desktop? Qual a melhor opção para minha empresa?

Entenda as diferenças entre site mobile e para desktop e faça sua escolha! ...

21 dE março, 2017
Blog

Saiba como o Inbound Marketing pode ajudar sua startup a crescer

Entenda por quê o Inbound é a melhor solução para a sua startup...

14 dE março, 2017
Blog

Como usar o design do site para atrair mais clientes

Confira as dicas para criar um site com design vendedor...

7 dE março, 2017
Blog

Conteúdo multimídia: 4 materiais que não podem faltar na sua estratégia de marketing

Diversifique seu conteúdo para atrair mais clientes!...

1 dE março, 2017
Blog

Netnografia: uma poderosa arma para o marketing digital

Conquiste grandes vantagens competitivas através das análises da netnografia...

16 dE fevereiro, 2017
Blog

Benchmark: 5 lições importantes para aprender com os concorrentes

Descubra como a concorrência pode ser sua aliada!...

14 dE fevereiro, 2017
Blog

Como fazer o monitoramento da reputação da sua marca?

Saiba o que as pessoas estão falando da sua empresa...

8 dE fevereiro, 2017
Blog

CTA: entenda o que é e aumente a sua taxa de conversão!

Como criar chamadas certeiras para engajar a audiência...

7 dE fevereiro, 2017
Blog

Comunicação interna: ferramentas digitais para interagir com seus funcionários

Entenda como grandes empresas utilizam ferramentas para se comunicarem internamente ...

1 dE fevereiro, 2017
Blog

4 dicas infalíveis para atrair leads

Saiba como aumentar a sua base de contatos ...

31 dE janeiro, 2017
Blog

O uso do hotsite na comunicação corporativa: case Petrobras

Como utilizar um hotsite para comunicar ações específicas ...

25 dE janeiro, 2017
Blog

Saiba por que a gestão de marca é fundamental para os negócios!

Aprenda a diferenciar sua marca da concorrência ...

24 dE janeiro, 2017
Blog

A Comunicação na era digital: diálogos com diferentes públicos

Confira o primeiro post da série Comunicação Corporativa ...

18 dE janeiro, 2017
Blog

Growth Hacking: entenda o crescimento acelerado das startups

Conheça mais sobre a técnica que pode alavancar o seu negócio ...

17 dE janeiro, 2017
Blog

Planejamento de marketing digital para 2017: o que não pode faltar?

O plano de marketing da sua empresa está completo? Confira! ...

10 dE janeiro, 2017
Blog

O que é funil de vendas e quais são as suas etapas?

Entenda mais sobre um dos principais conceitos do marketing digital...

3 dE janeiro, 2017